Os riscos da prática imprudente de “quebrar asa”

Quem é caminhoneiro ou usa muito a estrada já deve ter visto ou ouviu falar do famoso “quebra de asa”. Trata-se de uma manobra de caminhão super perigosa que consiste em balançar a carroceria de um lado para o outro e tirar as rodas da pista, contorcendo todo o veículo. O problema é que essa brincadeira pode custar a vida de inocentes e do próprio motorista. No post de hoje vamos conhecer a prática imprudente de “quebrar asa” e os riscos que essa prática traz.

1- Como é a manobra de “quebrar asa”

O “quebrar asa” consiste num movimento de balanço que inclusive pode fazer com que o caminhão sofra vários danos na sua estrutura, já que nesse movimento a carreta se projeta além da capacidade normal sobre a quinta roda e isso pode fazer com que o pino-rei se rompa. Além disso, a manobra pode causar um desalinhamento grave no automóvel, pois quando a carreta levanta e volta para sua posição o impacto pode causar sérios danos na suspensão do caminhão, como também um desgaste extremo nas laterais dos pneus.

2- Crime de direção perigosa

Essa manobra perigosa está categorizada como Crime de Direção Perigosa, trata-se de um crime inafiançável onde o motorista que realiza a “quebra de asa” pode responder pelo crime em regime fechado. No caso de provocar algum acidente envolvendo outro veículo a pena pode ser maior, chegando a ser categorizado como tentativa de homicídio com intenção de matar, ou nos piores casos, homicídio doloso. Se houver mais de um caminhão fazendo a disputa de manobras na estrada, a punição aumenta ainda mais por ser considerado envolvimento em racha. A pena em regime fechado pode variar de seis meses a dois anos de prisão.

3- A capotagem do bruto

Além de todos os riscos já citados, outro importante risco provocado por essas manobras arriscadas é a capotagem do bruto. Considerando que o movimento do chicote da carroceria pode ser mais forte que a manobra, pode não suportar o movimento brusco e tombar o veículo no meio da estrada, causando acidentes, feridos e nos piores casos, óbitos.

4- Os fãs da brincadeira

Por incrível que pareça essa é uma “brincadeira” que já conquistou centenas de fãs. Supostamente são fãs de caminhões que ficam na beira da estrada, esperando e pedindo para os motoristas fazerem a manobra “quebra de asa” para que eles tenham o prazer de filmar, fotografar e publicar na internet. Algumas dessas postagens têm centenas de curtidas e compartilhamentos. O problema está em quando a manobra sai mal e pode colocar em risco a vida de várias pessoas.

O assunto é sério e as conseqüências são graves em todos os casos. Seja da vítima inocente que termina se envolvendo em um acidente causado pelo caminhoneiro que curte o “quebra asa”, como o próprio caminhoneiro que tanto pode se machucar como ter sérias conseqüências legais se for pego praticando a manobra ou se estiver envolvido em um acidente causado por ela.

5- Na Mídia

Em 2013, o Fantástico, da Rede Globo, fez uma reportagem sobre o assunto. Na reportagem, houveram diversos flagras de caminhoneiros praticando esses atos. O vídeo pode ser visto neste link abaixo:

http://globoplay.globo.com/v/2811100/

Lembre-se: em caso de direção perigosa, avise a Polícia Rodoviária Federal pelo número 191.

 

2 idéias sobre “Os riscos da prática imprudente de “quebrar asa”

  1. Gabriel Nunes dos Santos Filho

    Isso é coisa de trouxa. Caminhoneiro de verdade não se presta a esse tipo de atitude que só denigre e desvaloriza a classe que já é taxada de vários adjetivos nada agradáveis.

    Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *