O uso do rebite – Efeitos no corpo e risco de acidentes

Um caminhoneiro que tem o objetivo de dirigir várias horas seguidas, sem descanso, na tentativa de cumprir prazos ou até mesmo para faturar um dinheiro extra, costuma utilizar o rebite. Rebite é um nome popular para uma droga que é considerada como o principal inimigo das estradas. No post de hoje vamos ver os malefícios do uso de rebite, seus efeitos no corpo e os riscos que essa droga oferece.

Essa substância, chamada cientificamente de anfetamina, é um estimulante do sistema nervoso central que faz com que o cérebro trabalhe mais depressa e cause a impressão de diminuição do cansaço. Essa sensação se aplica disposição para executar uma atividade por mais tempo, menos sono, falta de apetite e aumento da capacidade física e mental.

1- Efeito do rebite no corpo

Trata-se realmente de uma mistura de falsas sensações que fazem com que os consumidores dessa droga percam parcialmente os reflexos. Sendo assim, o motorista se dá conta do perigo, sabe que deveria frear, mas ao invés disso, ele tem reflexos contrários, e isso aumenta as chances de provocar graves acidentes. Os efeitos mais comuns são dilatação das pupilas, dor de cabeça, tontura, aumento de batimento cardíaco e de pressão arterial, nariz e boca ressecados, perda de peso, ansiedade, problemas gástricos, inquietação, sensações de pânico, confusão de pensamento, e o pior, lesões irreversíveis no cérebro. A dependência constante dessa droga faz o dependente químico estar sempre irritado, agressivo, com depressão, desorientado e com delírios de perseguição.

2- Dependência química

Os especialistas alertam que esse tipo de medicamento pode causar dependência já depois da segunda caixa, com danos irreversíveis ao cérebro. Eles afirmam que a anfetamina é um dos remédios com tarja preta que só devem ser vendidos com recomendação médica e com apresentação de receita.

3- O tratamento

O tratamento para usuários da anfetamina não é um tratamento fácil. Envolve uma equipe de médicos, psicólogos e farmacêuticos, porque esse tipo de substância causa dependência extrema, e o usuário sofre muito com a abstinência, entrando inclusive em um estado crônico de depressão ao interromper o uso da droga.

4- Análise da situação

A reclamação dos caminhoneiros é que lhes dão pouco tempo para a entrega das cargas. Esse seria o grande fator determinante para que eles fizessem uso dos rebites.

O rebite é uma das armas mais perigosas no trânsito, pois compromete a vida de motoristas inocentes e seu consumo tem se tornado cada vez mais comum, sem qualquer restrição de compra ou de um controle rodoviário sério que identifique e puna o usuário da droga.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *