Arquivos do Autor:admin

Relacionamento com o cliente e facilidade de manutenção: conjunto indispensável

Relacionamento com o cliente e facilidade de manutenção: conjunto indispensável

Oferecer atendimento de qualidade e personalizado de acordo com cada cliente é um dos principais fatores que tornam uma companhia mais atrativa em relação aos concorrentes. Independentemente de qual o tipo de serviço prestado ou produto ofertado, os consumidores esperam por benefícios, diferenciais e um bom relacionamento em cada marca.

No mercado de caminhões não é diferente. A expectativa dos frotistas é receber um bom atendimento no momento de compra do veículo, assim como durante os períodos de manutenção e possíveis reparos. E esse atendimento completo não é apenas em relação à atenção dos profissionais dedicada aos clientes, mas também, em relação ao conhecimento técnico, capacitação mecânica, nível de informação dos profissionais que os recebem e agilidade no diagnóstico e resolução de problemas.

Imagem5

Tudo em um só lugar

Outra questão que atrai os frotistas e caminhoneiros é oferecer facilidade e benefícios no dia-a-dia da operação. Sabendo dessa tendência, a DAF Caminhões trouxe ao Brasil por meio de sua rede de concessionárias a marca de peças de reposição TRP. São diversas linhas de produtos disponíveis para as diversas marcas de veículos comerciais no Brasil. Dessa forma, é possível que o frotista multimarca realize serviços de reparo de toda a frota em um só lugar, com qualidade de serviço, garantia de peças PACCAR e preço justo e competitivo.

Os profissionais da rede DAF são capacitados pela fábrica para receber diagnósticos de diversas marcas no Brasil. Assim, além de peças da qualidade, todas as concessionárias estão aptas para atender serviços de caminhões de todas as marcas com precisão e conhecimento técnico.

A TRP já atua na Europa desde 1994 e, desde 2014, está atuando no país. A distribuição está sendo feita por meio da rede DAF, que já conta com 21 unidades distribuídas pelas regiões do Brasil.

Localize a unidade DAF mais perto de você e faça uma visita!
Clique para ver o Mapa de Concessionárias DAF

O modelo de caminhão que o mercado pede

O modelo de caminhão que o mercado pede

De acordo com os registros de vendas de caminhões pesados em 2015, as transportadoras e caminhoneiros autônomos estão optando por um modelo de caminhão que ofereça força, potência e robustez atrelado ao conforto e segurança do veículo.

No acumulado do ano anterior foram 18.663 unidades vendidas na categoria acima de 15 toneladas. Nessa divisão, os três primeiros modelos líderes de vendas apresentam características que se encaixam nesse padrão.

Holandês adequado aos padrões brasileiros

Recém-anunciado no Brasil, o CF85 é o caminhão pesado da DAF Caminhões. A fabricação do modelo iniciou em Ponta Grossa em 2015 e, desde o início do ano, já está disponível para venda em todo o Brasil.

Além de ser classificado como um veículo capaz de agregar conforto e desempenho, o CF é caracterizado como versátil e adequado para diversas aplicações – como cegonha, transporte de produtos químicos, carregamento de insumos agrícolas e carga fracionada.

Outro ponto forte do veículo DAF são os padrões de conforto na cabine acima da média exigidos pela montadora. O modelo é comercializado com duas opções, a Space e a Sleeper Cab, com 1,79 metros e 1,16 metros de altura interna, respectivamente. Ambas são fabricadas com o painel cockpit, que permite fácil mobilidade dentro da boleia.

A junção do espaço com fácil acesso aos comandos do painel, boa postura para dirigir, materiais que transmitem aconchego e um motor de alto desempenho permitem os caminhoneiros ficarem mais dispostos no volante e, consequentemente, terem mais atenção na estrada.

Ainda com o objetivo de oferecer melhor ergonomia, o CF possui de série o banco do motorista com ajuste inflável na altura da coluna e descanso de braço. O item também pode ser adicionado ao banco do passageiro como opcional.

As configurações do CF85 incluem versões 4×2 e 6×2, equipadas com motor PACCAR MX-13 de 360 cv ou 410 cv. O veículo tem capacidade de carga até 56 toneladas e é indicado para operações de médias e curtas distâncias.

Mais opções

 A DAF Caminhões também produz no Brasil o extrapesado XF105, com capacidade de carga até 74 toneladas. O veículo é indicado para o transporte de longas distâncias e oferecido nas versões 6×2 e 6×4. O propulsor responsável pelo XF também é o PACCAR MX-13 em opções de 410 cv, 460 cv ou 510 cv.

Imagem3

Um grande diferencial do modelo é a cabine Super Space, com 2,10 metros de altura interna. É reconhecida como uma das mais confortáveis e espaçosas do segmento e com acabamento premium. Além disso, a Super Space é produzida com painel em formato cockpit, que não invade o centro da cabine e, assim, permite maior área útil para circulação de pessoas. Outro diferencial para o motorista é o banco com Comfort Air, ajuste inflável na altura da coluna, e o descanso de braço de série, que oferecem ainda mais conforto ao motorista.

A cabine também é diferenciada por detalhes como a escada de alumínio dobrável com degraus extralargos, para acesso à cama superior, e a caixa de fusíveis no painel, que possibilitam a manutenção pelo lado de dentro. Outros itens de série são o ar condicionado, teto solar, tacógrafo digital, vidro elétrico nas duas portas, suporte para toalhas, luz de leitura, refrigerador de 42 litros, espaço para micro-ondas, mesa deslizante no painel (até 100kg) e a trava mecânica de segurança Night Lock, que evita arrombamentos da porta.

Imagem relacionada ao texto

Super Space com painel em formato cockpit

Além desta, a DAF também oferece o XF105 com as opções de cabine Comfort e Space, respectivamente com 1,50 metros e 1,73 metros de altura interna.

Conheça os caminhões DAF

Desde abril a DAF está promovendo a Caravana DAF Roda Brasil que irá rodar o país levando os caminhões da marca para perto dos clientes, caminhoneiros e frotistas. Durante o evento, que fica cerca de três dias em cada cidade, é possível fazer teste drive dos caminhões CF85 e XF105, além de receber orientações técnicas das concessionárias presentes. Ao longo do ano serão 19 cidades, entre todas as regiões do país. Para participar de umas das etapas, fique de olho no calendário:

  • DAF Eldorado – Canoas, RS – 05/07
  • DAF Auto Planalto – Guarulhos, SP – 23/07
  • DAF Via Trucks – Esmeralda, MG – 09/08
  • DAF Vitória – Serra, ES – 16/08
  • DAF Caramori – Rondonópolis, MT – 02/09
  • DAF Caramori – Cuiabá, MT – 13/09
  • DAF Caiobá Trucks – Campo Grande, MS – 20/09
  • DAF Barigui – Cascavel, PR – 27/09
  • DAF Austral – Caxias do Sul, RS – 04/10
  • DAF Borgato – Paulínia, SP – 18/10
  • DAF Somafertil – Goiânia, GO – 25/10
  • DAF Avanthy – Ananindeua, PA – 08/11
  • DAF Fornecedora – Fortaleza, CE – 16/11

Operação rentável, eficaz e mais produtiva

Operação rentável, eficaz e mais produtiva

O principal objetivo de um Plano de Manutenção é garantir a disponibilidade do caminhão por maior tempo possível. Dessa forma, atingindo as expectativas operacionais e comerciais dos clientes e evitando paradas indesejadas e para isso é preciso ter uma operação rentável.

Outra vantagem é que o frotista e o caminhoneiro conseguem medir com mais assertividade a rentabilidade de cada veículo, além de obter melhor controle do fluxo de caixa, tornando o que antes eram custos variáveis em custos fixos. Em resumo, o custo de manutenção pode ser inserido na planilha de cálculo do frete, tornando mais fácil a gestão financeira da operação.

Contratos de Manutenção adequados à operação

Um aspecto que deve ser levado em conta e fundamental para a disponibilidade do caminhão é buscar contratos de manutenção adequados à operação levando-se em consideração: severidade da operação, rota, tipo de implemento usado, distância média percorrida, entre outros. O fato da manutenção ser realizada em uma concessionária ou oficina credenciada por montadora garante também a qualidade dos serviços e do uso peças genuínas. A garantia da marca faz a diferença nessa hora.

DAF MULTISUPORTE

Para contribuir com o sucesso da operação dos seus clientes, a DAF Caminhões Brasil oferece em sua rede de concessionárias o Contrato de Manutenção DAF MULTISUPORTE. O produto é ajustado de acordo com a necessidade do cliente, sempre com um preço da manutenção por quilometro rodado.

Atualmente são três opções de contrato:

daf_multisuporte_oleos e filtrosDAF Multisuporte Óleos e Filtros: pagamento mensal com valor fixo baseado na operação do cliente. O plano cobre as trocas de filtros de lubrificantes do motor e combustível em intervenções intermediárias (a cada 20.000 km) e intervenções completas (a cada 40.000 km). Já estão inclusos os valores de mão de obra e o DAF Assistance.


daf_multisuporte_preventivoDAF Multisuporte Preventivo
:  Além dos serviços disponíveis na versão anterior, esta opção inclui o diagnóstico e check-list detalhado do caminhão. Devido a capacitação e experiência dos profissionais da marca, é possível detectar quaisquer sinais de potenciais problemas futuros e realização de ações preventivas. Inclui ainda as revisões anuais, trocas do óleo dos diferenciais e troca do óleo da transmissão.

 

daf_multisuporte_plenoDAF Multisuporte Pleno: A terceira opção de Contrato é a mais completa. Além de incluir os serviços oferecidos nas outras versões, também abrange intervenções corretivas.

 

DAF Assistance

Vale lembrar que durante do período de vigência dos contratos o cliente dispõe do serviço de atendimento emergencial DAF ASSISTANCE.

daf_assistencia

Este é um serviço técnico especializado da DAF, operado em conjunto com a Rede de Concessionárias da marca, pronto para providenciar reparos emergenciais nos caminhões incapacitados de rodar, de maneira rápida e segura. O serviço pode ser acionado pelo número 0800 703 3360.

Como selecionar locais para customizar um caminhão

Onde customizar um caminhão

No setor alimentar, a escolha de onde customizar um caminhão pode significar a diferença entre o fracasso e o sucesso.  Obter o equipamento de cozinha para seu caminhão de alimentos é essencial para o êxito de sua pequena empresa.  Este artigo vai dar uma orientação nesta área.

Itens a ser considerados no momento de customizar seu caminhão

Uma das primeiras e mais importantes coisas antes de comprar qualquer equipamento de cozinha para o seu caminhão de alimentos é aprender as regras e regulamentos em seu próprio estado e município com relação à saúde e segurança.

Você vai precisar escolher o seu equipamento de cozinha para o seu caminhão de alimentos e decidir o que você vai vender dentro dos regulamentos. Dependendo do que estiver vendendo, você terá que primeiro escolher o tipo de caminhão adequado para seu negócio. Outra consideração é saber onde e quando você vai customizar seu caminhão de alimentos.

A vantagem da empresa do setor alimentar móvel é que você pode escolher se trabalha apenas em tempo parcial, em feiras e eventos, ou se a torna sua profissão em tempo integral.  O equipamento de cozinha comercial para seus caminhões de alimentos vai depender dessa decisão.

A alternativa mais barata seria vender alimentos e bebidas pré-cozidos e já embalados.  Isso requer boas unidades de armazenamento para ajudar a manter a comida sem que ela estrague. Outro passo é vender um único cardápio, como hambúrgueres e batatas fritas ou cachorros quentes.  Um pequeno caminhão com uma fritadeira pode ser o suficiente para iniciar seu negócio.

Se, no entanto, você gostaria de oferecer comida fria, por exemplo, delicatessen, bolos, doces e sanduíches, então você definitivamente pode precisar de um caminhão maior. Sanduíches especificamente terão de serem preparados com a mão, e precisará de muitas opções para recheios.  Isto significa que você vai precisar de muito espaço para preparação e armazenamento.

Em outro extremo, você pode precisar selecionar refeições ou alimentos que necessitam de uma maior gama de instalação de equipamento de cozinha para o seu caminhão de alimentos, a fim de atender a vários métodos de cozimento. Por exemplo, grelhar, assar, ou fazer frituras.  Neste caso você deverá ter todo o equipamento necessário, juntamente com armazenamento e superfícies de preparação satisfatórios.

Além disso, você vai precisar de pias para lavar alimentos , e refrigeradores. Além de áreas de armazenamento para outros bens e equipamentos de cozinha, como panelas ou utensílios.

Para qualquer tipo de negócio de customização de caminhão para venda de alimentos, o padrão dos equipamentos utilizados é importante para a qualidade da comida que será vendida.  Desta forma, os equipamentos de trabalho da cozinha é o investimento mais importante que você irá criar na sua empresa.  Encontrar um fornecedor confiável fará toda a diferença na forma como as pessoas vão trabalhar na coxinha do caminhão. Faça algumas análises antes e verifique todas as opções. Simplesmente porque um fornecedor é barato não significa que não vale a pena comprar nele, e só porque eles são caros não significa que eles vão oferecer-lhe o melhor.

Verifique a procedência do fornecedor, e ouça a experiência que outras pessoas tiveram com eles, para ver se eles vão oferecer-lhe um serviço confiável.  Se houver um problema na cozinha deve ser remediado diretamente, portanto, certifique-se de procurar um fornecedor que ofereça serviço de 24 horas.

Saiba como receber notificações da Sontra Cargo em seu computador

Receba notificações da Sontra em seu navegador

Em janeiro desse ano, lançamos a extensão para Google Chrome. Essa ferramenta permite que você receba notificações da Sontra na tela do seu computador, mesmo que não esteja com a página aberta ou até mesmo com seu navegador (Chrome) aberto.

Nós criamos essa ferramenta para que o usuário, caminhoneiro ou transportadora, não precise ficar com o site aberto o tempo todo para saber se um novo caminhoneiro ficou disponível ou se recebeu uma mensagem no chat.

Veja como funciona

notificações no browser

Para você que é caminhoneiro, basta fazer uma busca por carga no aplicativo ou pelo site que a ferramenta de notificações passará a lhe mandar cargas similares à sua busca diretamente em seu computador. Caso alguma transportadora lhe envie uma mensagem, você também receberá.

Para você que é transportadora, basta entrar no site, cadastrar sua carga e toda vez que um caminhoneiro novo ficar disponível ou enviar uma mensagem pelo chat, você receberá a notificação.

Como faço para instalar

1º – É simples! Basta entrar no link. CLIQUE NESTE LINK (não funciona se você estiver no celular)

2º – Irá abrir essa janela no seu navegador. Clique no botão + USAR NO CHROME conforme indicado.extensãochrome

 

 

 

 

3º – Clique no botão “Adicionar Extensão”

confirmação de extensão

 

 

 

 

 

4º – Um ícone vai aparecer ao lado de onde você digita o endereço dos sites. Clique no link e faço o login no site da Sontra. Pronto! Você já estará recebendo as mensagens.

iconege

 

 

Qualquer dúvida na instalação, entre em contato conosco: 11 2813-0477

 

 

Os riscos da prática imprudente de “quebrar asa”

Os riscos da prática imprudente de “quebrar asa”

Quem é caminhoneiro ou usa muito a estrada já deve ter visto ou ouviu falar do famoso “quebra de asa”. Trata-se de uma manobra de caminhão super perigosa que consiste em balançar a carroceria de um lado para o outro e tirar as rodas da pista, contorcendo todo o veículo. O problema é que essa brincadeira pode custar a vida de inocentes e do próprio motorista. No post de hoje vamos conhecer a prática imprudente de “quebrar asa” e os riscos que essa prática traz.

1- Como é a manobra de “quebrar asa”

O “quebrar asa” consiste num movimento de balanço que inclusive pode fazer com que o caminhão sofra vários danos na sua estrutura, já que nesse movimento a carreta se projeta além da capacidade normal sobre a quinta roda e isso pode fazer com que o pino-rei se rompa. Além disso, a manobra pode causar um desalinhamento grave no automóvel, pois quando a carreta levanta e volta para sua posição o impacto pode causar sérios danos na suspensão do caminhão, como também um desgaste extremo nas laterais dos pneus.

2- Crime de direção perigosa

Essa manobra perigosa está categorizada como Crime de Direção Perigosa, trata-se de um crime inafiançável onde o motorista que realiza a “quebra de asa” pode responder pelo crime em regime fechado. No caso de provocar algum acidente envolvendo outro veículo a pena pode ser maior, chegando a ser categorizado como tentativa de homicídio com intenção de matar, ou nos piores casos, homicídio doloso. Se houver mais de um caminhão fazendo a disputa de manobras na estrada, a punição aumenta ainda mais por ser considerado envolvimento em racha. A pena em regime fechado pode variar de seis meses a dois anos de prisão.

3- A capotagem do bruto

Além de todos os riscos já citados, outro importante risco provocado por essas manobras arriscadas é a capotagem do bruto. Considerando que o movimento do chicote da carroceria pode ser mais forte que a manobra, pode não suportar o movimento brusco e tombar o veículo no meio da estrada, causando acidentes, feridos e nos piores casos, óbitos.

4- Os fãs da brincadeira

Por incrível que pareça essa é uma “brincadeira” que já conquistou centenas de fãs. Supostamente são fãs de caminhões que ficam na beira da estrada, esperando e pedindo para os motoristas fazerem a manobra “quebra de asa” para que eles tenham o prazer de filmar, fotografar e publicar na internet. Algumas dessas postagens têm centenas de curtidas e compartilhamentos. O problema está em quando a manobra sai mal e pode colocar em risco a vida de várias pessoas.

O assunto é sério e as conseqüências são graves em todos os casos. Seja da vítima inocente que termina se envolvendo em um acidente causado pelo caminhoneiro que curte o “quebra asa”, como o próprio caminhoneiro que tanto pode se machucar como ter sérias conseqüências legais se for pego praticando a manobra ou se estiver envolvido em um acidente causado por ela.

5- Na Mídia

Em 2013, o Fantástico, da Rede Globo, fez uma reportagem sobre o assunto. Na reportagem, houveram diversos flagras de caminhoneiros praticando esses atos. O vídeo pode ser visto neste link abaixo:

http://globoplay.globo.com/v/2811100/

Lembre-se: em caso de direção perigosa, avise a Polícia Rodoviária Federal pelo número 191.

 

Saiba quanto custa manter um caminhão

O custo médio para manter um caminhão

Dizem que experiência é um fator determinante na condução de um caminhão. Mas saber qual o custo médio de um caminhão, os custos de manutenção, sua desvalorização natural e a carga de impostos são informações importantes e necessárias para cuidar bem do seu veículo. Por isso no post de hoje veremos quanto custa em média manter um caminhão (manutenção, desvalorização, impostos e etc…)

1- Custo médio do caminhão

Segundo o manual da NTC, os custos podem ser variáveis e giram em torno do combustível, que representa 65% dos custos. Depois temos os pneus, as câmaras, as recapagens, as peças, o material de oficina, o óleo do cárter, o óleo do câmbio e do diferencial, a lavagem e engraxamento, e por aí vai… O que é considerado como custo fixo é a depreciação do valor do caminhão e do implemento, assim como a remuneração do capital, o emplacamento e o IPVA. No rol dos impostos também entra o seguro obrigatório (DPVAT), o seguro de “casco” e o seguro contra terceiros. Sem contar os salários e encargos de motorista e ajudantes, mais os salários e encargos de oficina. Realmente, o proprietário do caminhão precisa estar preparado para essa quantidade de gastos e considerar todos esses custos.

2- Manutenção de caminhões

Fazer a manutenção preventiva do seu caminhão sempre sairá mais barato que um conserto eventual. Um conserto não planejado de um caminhão custa de cinco a dez vezes mais que uma manutenção planejada.  Algumas montadoras também afirmam que 80% dos consertos não planejados poderiam ter sido evitados com uma manutenção preventiva. Todos os dias, segundo as fábricas e revendedoras de caminhões, o caminhoneiro brasileiro está ficando mais consciente da necessidade de cuidar bem do seu caminhão pra evitar maiores gastos. O caminhoneiro já percebeu que não deve deixar para depois, a revisão realmente precisa ser feita a cada período. O maior problema hoje são os empresários que, quando tem uma baixa nos lucros, o primeiro custo que pensam em cortar é justamente o da manutenção. Mas precisa ficar claro para eles que adiar uma troca de peça ou revisão ou não fazê-la, não significa uma economia. A manutenção de reparo é muito mais cara que a manutenção preventiva. Já dizia aquele ditado: ” É melhor prevenir do que remediar “.

3- Perda de valor do caminhão  

Ainda considerando os custos fixos, a perda de valor do caminhão tem sua importância particular. O cálculo tradicional é de que o caminhão perde 20% do seu valor original por ano. É dessa forma que as empresas declaram o imposto de renda a cada ano. Ou seja, você deve contar com uma diminuição de 20% do valor declarado na compra. No mercado de usados, a diminuição pode ser ainda maior porque existem marcas onde os usados têm mais valor de revenda e outras não.

Por fim, o que fica claro é que o proprietário de um caminhão precisa ter em conta muitos detalhes de custo, manutenção e carga tributária para livrar-se de maiores problemas futuros e conseguir manter o seu caminhão sem prejuízos.

Conheça os maiores caminhões do mundo e as suas funções

Os maiores caminhões do mundo e suas respectivas funções

Os caminhões sempre fizeram parte do nosso trânsito nas ruas, mas principalmente nas estradas. Obviamente nem todos são iguais, alguns caminhões são de grandíssimo porte e chamam muito a nossa atenção. No post de hoje vamos conhecer os maiores caminhões do mundo e para que eles são usados. Vamos juntos conhecer esses verdadeiros gigantes.

1- Liebherr T 282C, o maior

Esse caminhão está reconhecido pelo Guinness, o Livro dos Recordes, como o maior caminhão do mundo desde 2011. O Liebherr T282C é fabricado pela Westeche e é utilizado na área de mineração para o transporte de resíduos. Somente as rodas desse caminhão gigante medem 4,57 metros de altura. Ele tem uma altura de 7,84 metros, o comprimento de 15,31 metros, a velocidade máxima de 64 km por hora, pode agüentar um carga máxima de 363 toneladas e um peso total de 600 toneladas.

19976816623112651

(Fonte da imagem: Reprodução/Liebherr)

2- Caterpillar 797F, o monstro

O chamado “O Monstro” da Caterpillar é outro gigante modelo usado também em obras de mineração. Esse modelo já ganhou vários prêmios por sua impressionante estrutura. Praticamente todas as versões desse modelo impressionam. De fato cada pneu desse caminhão possui 4 metros de altura e custa aproximadamente 97 mil reais. Seu motor de 20 cilindros oferece até 4 mil cavalos de potência, o que de qualquer maneira não é suficiente para fazer o veículo andar muito rápido, isso graças a tamanha quantidade da carga que ele carrega. Quem deseja possuir um desses precisa desembolsar  quase 12 milhões de reais. O “monstro” possui uma altura de 7,7 metros, comprimento de 15 metros, uma velocidade de até 67,6 km por hora.

19976816623113112

(Fonte da imagem: Reprodução/Caterpillar)

3- O Terex 33-19 Titan, o único

Esse caminhão foi fabricado pela General Motors do Canadá em 1973, esse gigante pintado de verde ficou por 13 anos servindo ao país em obras e estradas, mas agora virou atração turística. Durante muito tempo ele foi considerado o maior caminhão do mundo até ser superado pelo Liebherr T 282C, o maior, mesmo contando com um motor extremamente potente de 16 cilindros. O Terex 33-19 Titan, o único, tem uma altura de 9,2 metros, comprimento de  20,35 metros, chega a uma velocidade máxima de 48 km/h estando carregado, com uma carga máxima de 350 toneladas e peso total de 548 toneladas.

 

19976816623113233

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia)

4- O LeTourneau TC-497 Mk II, o trem sobre rodas

Esse caminhão foi colocado nessa lista por uma questão histórica. Ele também é chamado de Overland Train, o caminhão é uma mistura entre um caminhão e um trem. Ele funciona todo sobre rodas e pode ser formado por até 12 vagões, sendo que dois deles eram usados somente para carregar as turbinas e motores do próprio caminhão. Formado por um total de 54 rodas o Overland Train precisava de uma equipe de seis pessoas para ser colocado em marcha e custou na época quase 4 milhões de dólares.

19976816623113616

(Fonte da imagem: Reprodução/Life)

Para os fanáticos de caminhões, aí estão os maiores do mundo !